segunda-feira, 2 de março de 2009

[REC] (nota 8)

Depois de um filme divertidíssimo e leve como Segurando as Pontas, resolvi ver um filme que tinha muita vontade de ver, passado assim ao extremamente tenso e nervoso [REC]. Após ver o ótimo terror O Orfanato, produção mexicana, queria assistir ao [REC] original, produzido na Espanha, e não a sua quase que imediata refilmagem hollywoodiana Quarentena. E realmente o filme não desaponta quem está procurando MUITO nervosismo e verdadeiro terror.

O filme é no estilo Bruxa de Blair e Cloverfield, onde o cameraman participa ativamente dos acontecimentos como um personagem, portanto preparem-se para muita câmera tremida. Mas diferente dos dois filmes citados, nesse a explicação para a insistência em filmar tudo é justificada pois se trata de uma equipe de reportagem, que deu o azar de acompanhar uns bombeiros numa chamada aparentemente simples que daria muito errado.

O filme é MUITO nervoso, flizmente não é muito longo, hehehe. Mas é um terrorzão de primeira como não via desde Extermínio. Não temos um ambiente grande, mas sim um apertado edifício com corredores estreitos para toda a correria e esquisitisse que acontece. Parece muito amador em alguns momentos, mas só serve pra aumentar ainda mais o realismo, deixando tudo ainda mais perturbador.

Preparem-se para muitos sustos e MUITA gritaria em espanhol (que parece mais aterradora do que americana, acreditem!!!) para um dos melhores exemplos do gênero a ser lançado nos últimos tempos.

NOTA: por que diabos americano não gosta de ver filme legendado?? Eu sou totalmente a favor de ver o filme em sua língua original, mesmo que seja em Mandarim. Tá certo que a dublagem americana é MUITO menos profissional que a brasileira, mas esse lance de ter que refilmar qualquer coisa boa que sai em outros países só pra americano preguiçoso ver é palhaçada.

Um comentário:

Cris disse...

Cara... esse filme eu vi no cinema... é MUITO bom!

A cena do sótão é animal... hehehe