sábado, 10 de janeiro de 2009

Ong Bak (Nota 7)

Este filme tailandês, o de estreia do ator Tonny Jaa é um ótimo exemplar de filmes de pancadaria típicos dos anos 90, de "astros" como Van Damme, Mark Dacascos, Dolf Lundgren, entre outros tantos de filmes que a Record e a Band adoram passar.

Tonny Jaa é um fantástico lutador de Muay Tai, e eu como praticante de Kung Fu, adorei as lutas deste filme. Suas coreografias são ágeis, fortes, e seus golpes dolorosamente realistas. E incrivelmente, ele não (aparentemente) usa aqueles malditos cabos para pular, que tiram totalmente a realidade do combate. Fiquei realmente fascinado com as lutas deste filme.

Porém, como todo bom lutador, as habilidades de interpretação de lutador não são lá grandes coisas. Ele fala muito pouco no filme, mas distribui socos, chutes, cotoveladas e joelhadas muito bem, que sejamos francos, é o que interesse nesse tipo de filme. Assisti-lo dublado em português não é uma má idéia.

Fica aí a minha dica pra uma diversão sem compromisso. É uma pena que ainda não consegui assistir aos outros filmes do tonny Jaa, pois minha locadora não os tem.

Um comentário:

c rislagatta disse...

Hehehe... coincidentemente aluguei este filme hj... mas ainda não assisti.

Ow, assiste um q chama "Pacto dos lobos" (acho q o nome original é "Frère Loup"). Eu gostei bastante.

Abraços