segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Gamer (nota 8)

Tá certo que eu sou viciado em jogar Call of Duty online, e também gosto de filmes de ação com muito tiroteio de qualidade e muitas explosões. E se juntarem essas duas coisas num filme só? Então temos Gamer, uma experiência cinematográfica que parece saída direto dos anos 80 (quem aí se lembra de O Sobrevivente com o Arnold "Governator"?).

Esse filme conta sobre um futuro onde inventaram um meio de substituir as células do cérebro humano por "nanex", o que permite uma pessoa controlar totalmente outra pessoa a distância. Dessa forma, as redes sociais estilo "Second Life", e os jogos de guerra não são mais simplesmente humanos controlando avatares eletrônicos, mas sim pessoas de verdade, se matando de verdade. Interessante não?

Então conhecemos o personagem Kable, interpretado por Gerard Butler, que é um condenado que é controlado dentro de um jogo de guerra por um adolescente, e se ele sobreviver a 30 partidas consecutivas, ganha sua liberdade. E é claro que a coisa se complica quando os grupos de direitos humanos tentam intervir nessa matança.

Então vamos ao que interessa, está a fim de ver muitas cenas de ação? Muito tiroteio? Matança desnecessária como não se via desde O Vingador do Futuro? Roteiro fácil e previsivo pra que não precise pensar muito e simplesmente aproveitar? Então Gamer é pra você.

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse Filme é bem locão! E tem a cena final muito boa da porradaria ao som de I've got you under my skin! Sensacional.

Abs

biel - não tenho conta na google por isso coloquei anônimo..rsssss

Felipe disse...

Tem razão, a cena final da pancadaria ao som de Frank Sinatra é surtada!!