quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Super (nota 5)

Alerta: esse filme não é para qualquer pessoa. Somente aqueles com um senso de humor bastante doentio conseguirão apreciar esta estranhíssima comédia. De todas as pessoas que conheço que talvez acompanhem este blog, somente imagino três que consigam entender o humor negro bizarro da película. Sim, estou falando de vocês, Ricardo, Fabio e Paulo, mentes doentias como a minha que conseguiriam achar graça nisso.
Frank D`Arbo (Rainn Wilson) é um homem pacato e religioso, um cozinheiro de um restaurante decadente que perde sua esposa (Liv Tyler) para um figurão mafioso (Kevin Bacon). Após receber uma mensagem de Deus num sonho, onde ele abre seu crânio e toca seu cérebro com o dedo, ele decide combater o crime como Crimson Bolt. Sua arma? Uma chave de grifo que ele usa para arrebentar a cabeça dos criminosos gritando sua frase de efeito: Shut Up Crime! (Cale a boca Crime). Durante sua luta ele conhece a jovem Libby (Ellen Page) que se torna sua ajudante mirim.
A descrição acima pode fazer parecer um filme bobo de super herói, mas não é tão simples. As cenas são bizarras e grotescas ao mesmo tempo. Por achar que se trata de uma comédia, a primeira cena sangrenta assusta, mas depois se torna comum no filme. O personagem Frank D`Arbo parece ter sido escrito para Rainn Wilson, pois ele é tão extremo e estranho quanto o Dwight Schrute de The Office. Ellen Page nunca esteve num papel tão estranho, mas que estranhamente combina muito bem com ela, e ambos protagonizam a pior cena de sexo da história do cinema.

Fica novamente o alerta, não é um filme para qualquer um.

Um comentário:

Fabio disse...

Demorô! Agora tenho que ver esse tchans!